quinta-feira, 7 de maio de 2009

Amizade vs Confiança

AMIZADE
  • Amizade (do latim amicus; amigo, que possivelmente se derivou de amore; amar, ainda que se diga também que a palavra provém do grego) é uma relação afetiva, a princípio sem características romântico-sexuais, entre duas pessoas. pt.wikipedia.org/wiki/Amizade

  • duas ou mais pessoas que conhecem os defeitos e qualidades umas das outras, mas que se dão bem e que compartilham bons e maus momentos. A lealdade faz parte (ou deve fazer) da amizade. Entretanto, existem vários tipo de amizade: dicionariomaluca.blogs.sapo.pt/

--------------------------------------------------

CONFIANÇA

  • Confiança é o ato de deixar de analisar se um fato é ou não verdadeiro, entregando essa análise à fonte de onde provém a informação e simplesmente absorvendo-a. pt.wikipedia.org/wiki/Confiança

Tenho imensos defeitos!! Por mais que tenha imensas qualidades tenho também, obviamente, muitos defeitos. Sou humano...

Um deles, possivelmente, é considerar que, para mim, mais importante do que a Amizade que alguém me tem é mesmo a Confiança que essa pessoa deposita em mim.

E quando se trata das pessoas de quem gosto então o caso toma proporções ainda maiores. E porquê?! Porque se se trata de um Amigo, então deve confiar em mim. Um cliente pode até só confiar em mim sem ser necessário haver amizade... Mas um amigo, se já me dá a amizade, então quero ter dele a confiança.

Por isso é que costumo dizer que prezo mais a Confiança do que a Amizade. Embora não consiga esta sem aquela!! Recuso-me a que um amigo meu não confie em mim.

E magoa-me quando isso não acontece, sem sombra de dúvida.

1 comentário:

Vera disse...

Conjunto interessante de definições.

Amizade é realmente um tipo de "amor". E sem dúvida que amizade e confiança são daquelas coisas que uma vez postas em causa, nunca mais voltam. Ou pelo menos não da mesma maneira... Ok deixemo-nos de eufemismos. Não voltam mesmo. A "via livre que se dá a uma pessoa para que cometa uma série de abusos" deixa de existir quando percebemos que não devemos entregar a "análise à fonte de onde provém a informação". É que pode haver 2 versões para cada história, e uma delas ser adulterada...

De qualquer modo, concordo que numa amizade deve haver confiança. Pelo menos naquele sentido de amizade mesmo a sério (se é que há "amizade" menos a sério). Mas também é uma coisa que se ganha com o tempo...

Beijinhos