domingo, 23 de setembro de 2007

XXIV Seixalíada - Um sábado diferente


Ontem foi um sábado diferente dos habituais. Completamente!
Ontem, cumpriu-se a cerimónia de abertura da XXIX Seixalíada, no Parque das Festas em Corroios, mais exactamente na Quinta da Marialva. Para quem desconhece o que são as Seixalíadas, digamos que são os Jogos Olímpicos do concelho do Seixal. Durante cerca de um mês inteirinho vão realizar-se torneios e campeonatos das mais diversas actividades desportivas existentes no concelho do Seixal. Não terão a importância dos Jogos Olímpicos, é um facto, mas são a forma encontrada, desde 1982, pela Câmara Municipal do Seixal para dinamizar o desporto no concelho. E têm-no feito muitíssimo bem, diga-se.
Lá estavam ontem, todas as colectividades do concelho com todos (ou quase todos) os seus atletas. Do Atletismo ao Futebol, passando pelas Damas, pelo Xadrez, pelo Dominó ou pela Ginástica (em todas as suas vertentes), pelo Boccia, pelo Basquetebol em Cadeira de Rodas, pelo Body Combat, enfim, havia demonstrações de tudo.
Como não poderia deixar de ser, havia uma exibição que me era especialmente cara: a classe de Ginástica de Manutenção do Independente Futebol Clube Torrense! Não, eu não era um dos elementos participantes, até porque o Seixal não o meu concelho de residência, como sabem. Mas uma das participantes era a minha irmã. E eu não poderia deixar de estar lá para lhe dar toda a força e apoio, certo?
Com apenas dois treinos e com muito nervosismo, lá subiu a palco e lá desempenhou o seu papel o melhor possível. Foi muito bonito, dentro do género. Apesar da péssima qualidade, deixo-vos o vídeo que consegui gravar com o telemóvel. Ela é o terceiro elemento da segunda fila a contar da direita. Aquela que, de vez em quando, sai da fila... LOL E das que se deitam no chão e levantam as pernas, é a da esquerda:

video

Apesar de tudo o que se tem passado nos últimos tempos, e quem é meu amigo sabe que não tem sido fácil, não pude deixar de me emocionar ao vê-la participar naquela actividade. Ao fim e ao cabo, é tudo uma questão de sangue, não é? :)

Acima de tudo, valeu pelo espectáculo em si, pela participação dos munícipes e de todo o público em geral que proporcionou que a confraternização e a defesa dos ideiais desportivos concelhios fosse, uma vez mais, salvaguardada.

Para mim, o momento alto da cerimónia de abertura da Seixalíada foi a exibição da classe de Ginástica do Clube Recreativo da Cruz de Pau, responsáveis pela entrega da bandeira do evento ao vice-presidente da Câmara Municipal do Seixal para ser hasteada. Um dos elementos, o topo de uma das duas torres humanas, caiu mas nenhum dos outros se "desmanchou" e a exibição continuou. Num ápice, reergueram a torre e a bandeira foi, finalmente exposta aos olhares curiosos da assistência. Caso para dizer "Ah, mulher!! Temos ginasta de fibra!"

Até finais de Outubro, acompanhemos a XXIV Seixalíada.

Voltem que eu também volto em breve.

B&A

Nuno