quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Obrigado! A Ti e a vocês!

Quando em 2009 assumi e avancei com a concretização do meu desejo de ser baptizado, não tinha a noção real do que isso implicaria na minha vida, nas transformações que me traria. Na prática, sou o mesmo, de facto. Nada em mim se alterou por causa disso; não passei a ser nem melhor nem pior do que já era.

Passei, isso sim, a ter outro ponto de vista sobre os pequenos sinais que a vida nos vai dando e que nem sempre temos a humildade de considerar devidamente. Há pequenas coisas que antes me escapavam de todo e das quais, agora, consigo retirar não só ensinamentos como conclusões e lições de moral.

Aprendi que, porque aceitei Cristo na minha vida, Ele também me ouve. Acho que, no fundo, sempre me ouviu; agora dá-me é mais conselhos! Ou eu é que desenvolvi mais a escuta activa e ouço melhor.

Aprendi que tudo o que nos acontece tem uma razão para isso. Acontece quando e onde tem de acontecer, com quem ou para quem tem de acontecer. Há coisas que, por mais que queiramos - e outras, por mais que não queiramos - que sejam diferentes, acontecem.

Hoje, mais uma vez, acreditei na minha intuição e nos meus sentimentos e fui feliz na escolha da minha atitude. Obrigado, Senhor, por mais uma vez teres iluminado a minha mente e me teres mostrado o caminho correcto.

Uma das coisas que também passei a olhar com "outros olhos" são as pessoas que me rodeiam. Cada vez mais tenho a certeza de que quem me é próximo são as pessoas certas! Pelas mais diversas razões, são as pessoas que quero manter sempre comigo, no matter what!! Porque me amparam nas quedas, porque me fazem sorrir nos dias menos felizes, porque me permitem ser eu mesmo, porque me dão umas "zurradelas" quando necessário, por tudo o que são com base na definição da palavra AMIGO.

Há, no entanto, três ou quatro pessoas que me conhecem como talvez só eu mesmo e que, de vez em quando, lá têm de me dar uns safanões para eu "acordar". À Patrícia Cavaco, à Mafalda Sousa, à Alexandra Carteiro e ao Sandro Rodrigues, o meu eterno obrigado!! Por serem quem e como são comigo e por me permitirem ser quem e como sou convosco!!! Se Deus vos colocou na minha vida, soube muito bem o que fez e qual a razão.

Por fim, obrigado a Ti, por me fazeres ver que ainda vale a pena!!

B&A

1 comentário:

Patrícia disse...

Meu querido, é um orgulho ser tua amiga :).
beijos