sábado, 1 de janeiro de 2011

Feliz Ano 2011


Meus caros, terminou mais um ano e eis que chega a altura de fazer o balanço do ano que passou... Nada como reflectir sobre o que aconteceu no passado com vista a melhorarmos o no futuro. E o meu ano 2010 teve tantos acontecimentos que é mesmo caso para reflectir, aprender e crescer ainda mais com tudo isso.
Foi um ano que começou logo de forma diferente do habitual... Pela primeira vez na vida passei o ano fora de casa, com Amigos e de uma forma muito saudável e divertida. ADOREI!! =) Com vocês estou no Céu!
O ano 2010 foi um ano repleto de coisas boas e de coisas menos boas... Com todas elas aprendi, sem dúvida. Aumentei conhecimentos na minha área profissional, com vista à melhoria e a uma nova posição, conheci pessoas novas, deixei outras seguirem a sua vida sem mim e segui en frente sem elas. A vida é mesmo assim, não há volta a dar.
As férias de Verão de 2010 também foram diferentes, foram especiais. Serviram para conhecer novas pessoas também, para ter consciência de que é fácil afastar-me de casa e partir à aventura e, com tudo isto, crescer como ser humano. Obrigado a ti por me teres desafiado a dar mais este passo diferente e ter podido privar contigo daquela forma.
Neste ano que terminou passei por uma série de emoções fortes, umas melhores que outras, mas sei que todas elas me ajudaram a ser uma pessoa mais consciente de mim mesmo, do que sou e do que valho, das minhas qualidades e defeitos, do que quero e do que não quero. Em suma, 2010 foi o ano da transformação. Para melhor, espero muito honestamente.
A minha relação com Deus também sofreu transformação. Em Maio fui baptizado, algo que já pretendia fazer há uns tempos, e em Outubro assumi a posição de padrinho do Duarte. E tenho a certeza que foram dois passos importantes para mim e para a minha condição de ser humano com uma missão a desempenhar neste mundo. Espero conseguir sempre estar à altura de ambos.
Para o novo ano 2011 trouxe as boas memórias dos excelentes momentos que passei com todos os meus amigos mais chegados, mais antigos ou mais recentes, e a esperança de que se repitam ao longo do ano; os acontecimentos que me fizeram chorar ou soltar o meu "gémeo mau" (como alguém diz... LOL ) preferi deixá-los no lugar deles, ou seja, em 2010.
Tenho consciência de quem sou, do que sou e do que quero. E isso é um dos meus ganhos em 2010.
Resta-me fazer alguns agradecimentos que são imperativos:
- à minha mãe: por seres a mãe que és, por me fazeres ver as coisas como elas são sempre que eu não consigo sozinho e por me teres dado a educação que deste. Amo-te;
- à minha irmã: porque, apesar de tudo, fizeste-me tomar consciência de muita coisa que me fez melhorar e por estares a meu lado na altura certa desempenhando o teu papel da melhor forma. Apesar de tudo, adoro-te;
- aos meus compadres Rita e Hugo: pela amizade, pelo carinho e pela honra que me deram com a vossa escolha. Gosto mesmo muito de vocês;
- aos meus queridos Andreia e Rui: por, mesmo longe, continuarem a dar-me todo o vosso carinho e amizade de uma forma como só "irmãos" podem e sabem dar. Adoro-vos;
- ao meu afilhado Duarte e aos meus sobrinhos Lourenço e Gabriel : por, na vossa pureza, me brindarem com os vossos sorrisos e o vosso carinho. Adoro-vos;
- à minha sobrinha Camila: por seres linda como um raio de sol, por me surpreenderes a cada vez que estou contigo e por seres uma verdadeira princesa na vida do "tio Guga";
- aos meus queridos Patrícia e Paulo: a ti, minha Grila, pelos conselhos, pelos "raspanetes" e por toda a amizade; a ti, meu sobrinho/afilhado, por tudo isso e ainda pela honra que me deste em Fevereiro;
- ao Sandro: por me teres feito crescer com tudo o que me deste, com os desafios constantes que me colocas e por me teres feito ver o mundo com outros olhos. Sabes que te adoro e que estou sempre a teu lado;
- à Mafalda: por toda a amizade, por todas as conversas, por todos os cafés, por todos os jantares, enfim, pelo tão bem que me faz estar contigo, miúda. Guardo-te cá dentro;
- à Cátia, à Xana C e à Vera C: por serem "five stars" e por toda a amizade que me dão e por serem pessoas especiais que me ouvem, me aturam e me dão mimo sempre que preciso. Não preciso de dizer que vos adoro, vocês sabem-no;
- à Susana G: pelas eternas conversas até "desoras" depois de muito cheirarmos lojas e ainda assim teres paciência para os meus dramas;
- à Susana M: pelas longas conversas durante os nossos magníficos jantarinhos e por seres uma querida;
- à Catarina C: por seres uma querida, sempre pronta a "beijocar-me" quando mais preciso e pela tua alegria constante mesmo quando o malvado do complexo te atormenta;

- ao Paulo Peralta: porque mesmo não sendo uma presença real na minha vida, sabes que te estimo e que, apesar das nossas guerrinhas, temos boas conversas e falamos de muitos assuntos que não o tempo ou a crise. Prometo que não passa deste ano, pode ser?

- a todos os outros que convivem mais amiúde comigo e que não refiro nomes (a lista seria interminável) mas que sabem que guardo cá dentro: obrigado por tudo, especialmente por serem meus amigos e me deixarem ser vosso amigo.

A todos os que acompanham este meu cantinho, votos de um Feliz Ano Novo, que 2011 seja "do best"!!

B&A

2 comentários:

Patrícia disse...

pois eu não sei porquê, mas fico sempre com a fava... ai eu sou a menina dos raspanetes, é????? ora pois, se assim é mais vale ter o proveito e não só a fama. Em 2011 prometo ser uma melga das piores e continuar a ser "o advogado do diabo".
Mil beijos e obrigada pela honra de constar nesta lista :)

ACC disse...

Feliz ano novo meu querido. Porque o nosso 2011 contigo será sempre grande como o teu sorriso. Beijoco-te muito.